Buscar por conteúdo

2011: O Ano Em Sneakers – Abril

O quarto mês de um ano dominado pelo JORDAN III – se não levarmos em consideração o furacão CONCORD que nos assolaria em dezembro – começou com uma hypada edição especial do AIR JORDAN V, criada para o mercado japonês em parceria com XBS,  e chamativa pelo amarelo usado.

Dali partimos para um DUNK SB inspirado por uma das clássicas cores do JORDAN XI.
O SPACE JAM apareceu ao mundo, pela primeira vez, em abril ,chegando por aqui poucas semanas depois e deixando muito gringo frustrado por não ter conseguido seu par. Ponto pra nós.

Sempre polêmico – ou ainda incompreendido por aqui – o FOOTSCAPE, pelas mãos da BODEGA, ganhou edições comemorativas dos 5 anos da loja. Apresentados em abril mas só lançados em maio, os tênis fizeram sucesso, especialmente a edição Tier Zero, vendida somente na própria BODEGA e que inaugurava o corte CHUKKA no FOOTSCAPE WOVEN com solado FREE.

Muitos vibraram com o show de KANYE WEST no COACHELLA. E nem estamos falando da megalomania do artista no palco. É que nos seus pés estavam os tão comentados YEEZY 2, reforçando o barulho e colocando mais um tiljolinho na construção do mito.

Os corredores se animavam com edições temáticas do FREE RUN 2 e com uma coleção assinada pelos asiáticos da UNDERCOVER para a NIKE, enquanto que a temporada de tênis era representada por duplas de TENNIS CLASSIC que remetiam às quadras de saibro ou grama.

Enquanto isso, NEW BALANCE e PUMA investiam em projetos ligados aos Estados Unidos: a primeira iniciando uma série de modelos construídos nas suas fábricas locais, primando pela qualidade dos materiais e fidelidade dos shapes, enquanto a segunda seguia firme sua parceria com a UNDFTD, retrabalhando livremente o clássico CLYDE.

Mas não tem jeito, e perdoe-nos a parcialidade: abril vai ficar mesmo marcado para nós como o mês em que anunciamos ao mundo que o SNEAKERSBR daria origem a uma revista. Estava por vir a REVISTA SBR