Buscar por conteúdo

A GUCCI Aproveita Boa Fase E Domina O Segundo Trimestre De 2017 No Ranking De Marcas Mais Desejadas

Com o término do segundo trimestre de 2017, os resultados das marcas nesse período começaram a ser divulgados e a dança das cadeiras entre elas parece ter sido intensa.

A NIKE, que completa a lista junto com GIVENCHY, VALENTINO, Y-3, PRADA e FENDI, perdeu algumas posições e ligando o sinal amarelo em relação ao seus próximos passos.

Comum a todas essas marcas, está a sua relação com o público jovem, que hoje representam a maior parcela de seus consumidores.

A GUCCI tem sido o maior exemplo disso, que manteve alguns de seus ícones intocados, como a sua cobra coral e o clássico monograma, mas tem se reinventado e reaproximado da marca o público com menos de 35 anos, tendo como reflexo disso, além da primeira posição como marca, a primeira como produto, com sua sandália GG Blooms Supreme no topo da lista de itens mais desejados e vendidos do segundo trimestre, junto mais 3 de seus itens no top 10.

 

Na ponta, sendo considerada a marca mais “quente” desse segundo quarter, está a GUCCI, que subiu duas posições em relação ao primeiro trimestre e está vivendo uma de suas melhores fases nos últimos tempos.

Na compilação de dados, feita em parceria com a Lyst, foram constatados, também, a constante relevância da linha de KANYE WEST em parceria com a ADIDAS, que se mantém na vice liderança do ranking, seguida pela BALENCIAGA e VETEMENTS, ambas com Demna Gvasalia comandando a equipe de design e mostrando a importância do estilista georgiano para a moda contemporânea.

Na matéria completa, em inglês, você confere com maiores detalhes o resumo do primeiro semestre de 2017, onde também se fala um pouco sobre a ótima fase da LOUIS VUITTON, principalmente após o frenesi causado por sua colaboração com a SUPREME.

Fonte: BoF