Buscar por conteúdo

A Aparição De Justin Timberlake Durante O Intervalo Do Super Bowl Rendeu À Nike Quase 3 Milhões De Dólares Em Publicidade

A edição 52 do Super Bowl, final da NFL, a liga de futebol (americano) dos Estados Unidos, vai ficar marcada no universo dos tênis pelo show protagonizados por JUSTIN TIMBERLAKE, a bordo de uma edição especial do AIR JORDAN 3 batizada de JTH – junção das iniciais do cantor com às de TINKER HATFIELD.

Apesar das críticas – à performance e ao figurino do popstar – a NIKE/JORDAN BRAND não têm do que reclamar, já que a presença do tênis parece ter rendido à companhia um belo retorno, em vendas e em publicidade: disponível através do seu app SNKRS no momento do show, o JORDAN 3 JTH teve suas unidades esgotadas em segundos e já atinge a casa dos 2 mil dólares nas negociações do mercado paralelo. Por outro lado, a empresa Apex Marketing Group, especialista em valores gerados com publicidade em TV, estima que 110 milhões de telespectadores tenham sido impactados pela aparição do modelo durante os 14 minutos do show, o que renderia à empresa do Oregon um retorno de 2,86 milhões de dólares em publicidade espontânea.

Se comparados aos 5 milhões cobrados por cada espaço publicitário vendido durante o jogo, a economia é de mais de 2 milhões de verdinhas norte-americanas. Isso, junto com bochicho gerado pelo tênis, soma um belo resultado para NIKE, JORDAN BRAND e seus times de marketing. Ponto para o Swoosh.

E se você perdeu todos os detalhes desse lançamento, é só clicar nesse link para conferir.