Buscar por conteúdo

Flyknit X Primeknit – Nike Processa a Adidas Por Plágio

Quando a NIKE apresentou ao mundo o FLYKNIT em fevereiro, todos ficaram boquiabertos com a novidade, inclusive, ao que parece, a ADIDAS que tratou de desenvolver o seu próprio tricô tecnológico.
Enquanto a NIKE teve um período de aproximadamente 6 meses – entre o anúncio, em fevereiro e o início das vendas para o grande público, em agosto – para instigar o consumidor, promovendo workshops, instalações e edições super limitadas com a assinatura HTM, a marca das 3 listras lançou, quase que sem alarde, o ADIZERO PRIMEKNIT, sua versão do tênis de tricô, durante as Olimpíadas de Londres.
A NIKE parece discordar do “versão”, entendendo o PRIMEKNIT como uma cópia da sua nova tecnologia, tanto que ela resolveu processar a fabricante alemã em seu próprio país, mais precisamente em um tribunal em NUREMBERG.
Como resultado, a ADIDAS está proibida de fabricar e vender o modelo – que teve, até então, uma única tiragem de 2012 pares, vendidos durante os Jogos.

Satisfeita com o resultado, a NIKE soltou um comunicado oficial, cuja íntegra segue:

“Estamos contentes com a decisão do Tribunal de Nuremberg que concedeu o nosso pedido de medida cautelar contra a Adidas, por infringir patentes com seu ‘adiZero Primeknit’, lançado em julho de 2012. Como resultado, a Adidas foi ordenada a parar de fabricar e distribuir o modelo na Alemanha.
A Nike tem um histórico de inovações e liderança no desenvolvimento de calçados. Nossas patentes são a base da nossa liderança e nós as protegemos vigorosamente. Neste caso, a medida cautelar protege a inovadora tecnologia para calçados Nike Flyknit apresentada em fevereiro de 2012.
Continuamos buscando uma decisão permanente junto ao tribunal.”

E agora, quem vencerá essa batalha?