Buscar por conteúdo
Inside-New-Balances-New-World-HQ-New-Balance-Brighton-Office-Photos

New Balance MADE 1978 #3 – Boston

No começo de março, a NEW BALANCE nos convidou para participar de uma imersão em seu universo, mostrando passado e presente para entendermos o seu mais novo lançamento, batizado de 1978.

Durante nossa visita, várias fotos e vídeos foram divulgados para tentar aproximar da experiência todos que acompanharam o SNEAKERSBR nessa aventura e agora vamos tentar explicar aos poucos, em uma serie de matérias, tudo o que foi visto por lá.

Hoje, vamos falar sobre as paradas que tivemos em Boston, uma na unidade de produção de solados e outra no novíssimo headquarter da NEW BALANCE.

Screen Shot 2017-03-12 at 2.11.31 PM

A unidade de produção de Boston foi inaugurada em 2002 e conta hoje com cerca de 81 funcionários divididos, principalmente, pelas três principais máquinas de injeção, que contam, cada uma delas, com diferentes números de estações. O local produz apenas algumas partes de vários modelos de tênis, que depois são enviadas para diferentes fábricas, onde se finaliza a produção dos calçados.

Entretanto, ser menor não quer dizer que a capacidade produtiva da fábrica seja baixa. Muito pelo contrário, já que a média de produção diária são de 3000 peças para diferentes pares por dia, divididos nas três grandes máquinas e em dois turnos de trabalho, que abastecem várias outras unidades com os seus produtos.

Por ser uma unidade mais enxuta que a unidade de Norridgewock, a visita foi também mais rápida, com um foco sobre tecnologia do solado utilizado no 1978 e seu processo de produção. E novamente, o orgulho de contar com funcionários que trabalham na empresa há mais de 30 anos foi citado, com a média dos funcionários da empresa beirando os 15 anos se serviço.

Todos estes aplicados profissionais que fazem parte do quadro que produz o solado do 1978 são responsáveis por, em torno de 1 hora, participarem desde a preparação da matéria prima até embalar os solados prontos para a serem montados em Norridgewock. Os solado recebem uma camada de primer e de cola, ficando prontos para a viagem antes de serem montados junto de seus respectivos cabedais. Quando chegam no destino, os cabedais – que também já receberam uma camada de cola – recebem o solado, são aquecidos e depois prensados para que as colas reajam quimicamente e juntem as duas partes, quase finalizando o processo de produção do tênis.

Outro ponto que foi enfatizado, foi o processo de desenvolvimento do solado, que desde o princípio já se mostrou um grande desafio. A equipe de marketing desejava um solado que desse uma sensação de conforto ao usuário, sem que fosse muito macio. A equipe de desenvolvimento sabia que deveria criar algo leve e simples, junto do pedido de marketing. A solução foi criar um solado em peça única, sem a utilização de borracha no solado, já que a borracha é mais pesada do que o EVA – Espuma Vinilica Acetinada, mesmo material utilizado em tatames – e adicionaria mais uma etapa ao processo de fabricação. Porém, a borracha tem uma resistência muito maior a abrasão, o que ajudaria muito na durabilidade do solado. Daí nasceu a ideia do trabalho em parceria com a VIBRAM.

O trabalho em conjunto começou há aproximadamente um ano e meio e o desafio foi encarado muito bem por ambas as partes, que, após definirem que trabalhariam juntas, enviaram funcionários uma para a fabrica da outra para entenderem todos os limites tecnológicos da parceria, afim de desenvolver um produto sem desperdício de tempo ou necessidade de um investimento fora dos planos.

A NEW BALANCE já possuiu know how de criação de solados em EVA há muito tempo, o que ajudou muito nas definições iniciais do projeto. Quando conversaram sobre as características do modelo – peso, durabilidade, amortecimento e apoio, como as principais – o desafio técnico foi alcançado depois de cerca de 15 diferentes composições químicas e muitos testes, tantos físicos e destrutivos, quanto testes de uso diário dos protótipos.

Durante o processo produtivo do solado em EVA, para alcançar o amortecimento desejado é necessário que o produto tenha a correta expansão dentro do molde de injeção e isso depende de algumas variáveis do processo, como velocidade de injeção e temperatura do material, já que o molde corresponde a aproximadamente 2/3 do tamanho do produto final e quando o molde é aberto, o solado “pula” para fora. Essa expansão que traz a característica de amortecimento ao solado. Após sair da ferramenta, os produtos vão chegando à temperatura ambiente em um local termicamente controlado.

Screen Shot 2017-03-12 at 2.13.47 PM

A NEW BALANCE também deixou claro, desde o principio, que queria que o branding da VIBRAM aparecesse no solado, por ter sido parceira de criação e responsável técnica pelo desenvolvimento. Isso também mostra o quanto a empresa gostou do trabalho da parceira, anunciando que mais projetos conjuntos estão em fase de desenvolvimento.

Durante o passeio pela linha de produção da empresa, tivemos o prazer de encontrar JIM DAVIS, chairman da empresa, que trocou rápidas palavras com os presentes e ainda posou simpaticamente para algumas fotos com os visitantes. Saindo da fábrica em Boston, fomos para o núcleo administrativo e estratégico da marca, em um imponente prédio revestido de vidro, a apenas alguns minutos da unidade produtiva.

Screen Shot 2017-03-12 at 1.46.34 PM

Logo na entrada, uma timeline respeitável dos calçados da marca, passando pelos primeiros modelos criados há quase um século e chegando aos novos produtos de performance. Uma outra timeline, contando com vestuário e produtos chave de cada década, está montada em um dos corredores do prédio e, andando por alguns deles, pudemos ver um pouco de cada área da empresa, além de alguns novos produtos e os caminhos que eles vão seguindo desde as propostas conceituais até se tornarem realidade dentro de nossos armários.

Inside-New-Balances-New-World-HQ-New-Balance-Brighton-Office-Photos

kreiter_newbalancehqtour12_biz

NEW-BALANCE-GLOBAL-HQ-VISITOR-ENGAGEMENT-CENTER-WITH-MAKERS-CORNER

Mas a NEW BALANCE ainda guardava algo especial para os presentes: uma linha de vestuário com uma proposta completamente nova está sendo criada para ser lançada durante o segundo semestre de 2017. Tudo que foi criado nesta nova linha obedece um racional baseado em transformar os tênis em roupas. Como trata-se de produtos que ainda serão lançados, pouca coisa pode ser adiantada ainda, mas a vocação lifestyle dos produtos é inegável, trazendo detalhes que fazem parte do DNA da marca em seus calçados para as pecas de vestuário, indo de etiquetas aos pontos refletivos.

kreiter_newbalancehqtour3_biz[1]

A linha foi definida pelos seus criadores como silhuetas clássicas com cortes contemporâneos, construídos com materiais modernos e cores que remetem aos calçados históricos, como azul marinho, cinza e vinho, mantendo sobriedade e elegância nas peças. Bolsos, costuras, botões, tudo foi muito pensado e existe um porquê de estarem em cada um dos ítens, que devem ser apenas o pontapé inicial para uma nova atividade da marca. Outro detalhe massivamente lembrado durante a apresentação dos produtos foi a importância da experiência de criar itens para uso militar, trazendo muito conhecimento para a empresa, somado ao desafio de novas criações baseadas na crescente demanda de pessoas que prezam por qualidade, estilo e conforto.

new-balance-08jpg-a512c74f3578f3f9

E você se identifica com esse perfil? Então vale esperar pelas novidades e pelos próximos capítulos dessa série especial de conteúdos NEW BALANCE aqui no SNEAKERSBR.

 

new-balance-headquarters-3

Comentários

comentário(s)