Buscar por conteúdo

Nike Flyknit Collective Apresenta Obra De Ernesto Neto No Rio de Janeiro – A Festa

Aconteceu na segunda-feira, numa antiga estação de trem do centro do Rio de Janeiro, a abertura das atividades do projeto FLYKNIT COLLECTIVE aqui no Brasil, que trouxe ao país a instalação ObichoSusPensoNaPaisaGen, do carioca ERNESTO NETO.
Cerca de 600 pessoas passaram pela Estação Leopoldina, primeiro para conferir um lounge sensorial que apresentava os modelos de perfomance da linha FLYKNIT, além da terceira série de versões HTM, assinadas por HIROSHI FUJIWARA, TINKER HATFIELD e MARK PARKER e que serão vendidas muito em breve aqui no Brasil (para nossa alegria!)

Em seguida, os convidados interagiam com os conceitos de leveza, performance, encaixe e sustentabilidade, presentes também na obra de ERNESTO NETO, que formava um imenso labirinto entrelaçado e suspenso no ar e praticamente engolia os visitantes, que se enfileiravam na entrada e incluíam a dupla de artistas brasileiros OSGEMEOS.

ERNESTO comemorou a iniciativa e a ocupação da Estação Leopoldina com a escultura: “Nenhum lugar poderia ser melhor que esse e dar tamanha leveza à obra. Tá maneiro aqui. O Bicho é uma escultura onde eu tento fazer conexão entre a figura e o fundo, é um trabalho orgânico, uma escultura que vai deglutindo as pessoas. E tem isso de ser menos máquina e mais animal. Além da questão do movimento. A Leopoldina é uma Estação de trem. Trem tem caminho, e esse trabalho também. Envolve a ideia de coletividade, como o NIKE FLYKNIT. Pra existir, muita gente trabalhou nessa obra.”, afirmou.

A conexão da obra com os conceitos da tecnologia FLYKNIT foi observada por MARK MINER, senior designer de running da NIKE e responsável, dentre outros pelos projetos de FREE RUN, que veio ao Brasil participar de um dos workshops e aproveitou para ficar atento ao modo como nós consumimos os tênis de corrida por aqui: “tanto a obra quanto os tênis exploram as possibilidades do tricô, abordando princípios e experiências ligadas ao movimento. Para isso não poderia haver lugar melhor do que uma estação de trem”.

A vernissage começou às 18h e emendou numa festa que se estendeu pela noite, ao som de MPB e de ritmos latinos, regada a elementos típicos de uma praia carioca, como biscoito Globo, Mate Leão, queijo coalho na brasa, churros, cachorro quente Geneal e cerveja gelada.

A obra ObichoSusPensoNaPaisaGen fica montada na Estação Leopoldina (Rua Francisco Bicalho s/n, Rio de Janeiro) até o dia16 de Outubro e a visitação pública, aberta hoje, é gratuita e acontece de quarta a sexta das 10h às 19h; sábados, das 10h às 20h e aos domingos das 10h às 17h.

Informações sobre a chegada dos FLYKNIT HTM no Brasil, incluindo os detalhes oficiais de vendas, você fica sabendo muito em breve aqui, no SNEAKERSBR.