Buscar por conteúdo

Nike Hypervenom II

A NIKE apresentou, ontem, a segunda geração da chuteira usada por Neymar Jr., a HYPERVENOM. lançada, originalmente, em 2013.

nike-hypervenom-2-1

Segundo a marca, a HYPERVENOM II é a chuteira ideal para jogadores que desejam atingir agilidade mortal. “Começamos de maneira simples: integrantes da nossa equipe vestiram meias brancas, e nós as pintamos com tinta spray quando os pés estavam flexionados em diversos movimentos característicos do futebol”, conta Phil Woodman, Designer de Calçados da NIKE FUTEBOL. “Quando os pés voltavam à posição normal, as partes brancas da meia, que haviam ficado sem tinta, indicavam locais para ranhuras, onde a flexão é mais elevada. Esse exercício logo nos levou a visitar o Laboratório de Pesquisa em Esporte da Nike, onde conversamos com nossos cientistas sobre a melhor forma de fazer a chuteira se mexer junto com os pés, garantindo agilidade máxima”.

nike-hypervenom-2-13

 

A equipe imaginou um nível muito avançado de sinergia anatômica. Para concretizar o projeto, a tecnologia FLYWIRE foi mapeada em pontos estratégicos da HYPERVENOM II. Áreas de contato intenso com a bola receberam cortes adicionais, aprimorando o contato dela com os pés. O FLYWIRE está integrado a uma malha de alta sensibilidade e vários níveis de densidade – o que representa um avanço em relação ao cabedal da HYPERVENOM original, que tinha pequenos furos espalhados de maneira uniforme. Além desses avanços, muitas outras melhorias foram atingidas ao longo do processo de design.

nike-hypervenom-2-14

nike-hypervenom-2-15

nike-hypervenom-2-16

 

A chuteira foi projetada para atacantes que enganam o adversário, para jogadores capazes de se movimentar em qualquer direção – quase sempre a que o oponente menos espera. O design, portanto, precisava acomodar esse tipo de movimento – e tinha de fazer isso sem perder seu estilo.

A HYPERVENOM II é a primeira chuteira da NIKE a misturar um cano alto em FLYKNIT com um cabedal de malha aprimorada, e conta ainda com as tecnologias NIKESKIN e All Conditions Control (ACC). Quando flexionado, o Dynamic Fit Collar feito de FLYKNIT revela um toque de cor oculto, num detalhe que acrescenta estilo a um desempenho sólido. O design da chuteira é ousado e um espelho dos jogadores que a usam, conhecidos pela agilidade na execução de movimentos direcionais em espaços reduzidos, fazendo zigue enquanto os demais ficam no zague. Essa habilidade de ziguezaguear está representada literalmente nas laterais funcionais da chuteira.

nike-hypervenom-2-3

nike-hypervenom-2-4

O visual segue o padrão de ziguezague, e nas laterais abre espaço para uma região intermediária, livre da interferência do cadarço. O cadarço, por sinal, é imperceptível por dentro da chuteira, evitando qualquer risco de desconforto ou irritação.

Atendendo aos pedidos dos jogadores, a HYPERVENOM II tem uma placa na sola feita de um composto mais suave do que o modelo original, aumentando o conforto. O design com dedos separados e o padrão de agilidade e tração permitem que o atleta reaja mais rapidamente a mudanças de direção. Um grafismo especial ao redor da chuteira enfeita a placa e as laterais.

nike-hypervenom-2-6

 

Pela primeira vez haverá uma versão feminina da Hypervenom II. Ela será vista em junho deste ano nos pés de algumas jogadoras das seleções Brasileira, dos Estados Unidos, Inglaterra, França e outros países.

nike-hypervenom-2-9

nike-hypervenom-2-10

nike-hypervenom-2-11

nike-hypervenom-2-12

A NIKE HYPERVENOM II estará disponível a partir do dia 27 no Nike.com, e chega às lojas físicas no dia 4 de junho. O modelo feminino da chuteira não será vendido no Brasil.