Buscar por conteúdo
nike-swoosh-logo

Nike Se Reestrutura Globalmente E Pretende Cortar 2% De Seus Empregados

Numa ação que vem sendo chamada pela própria NIKE como “Ofensiva Direta Ao Consumidor”, a marca tem mudado drasticamente a sua organização interna, em um movimento que irá resultar na demissão de 1.400 funcionários em todo o mundo, reduzindo em 2% o seu quadro total..

Segundo Mark Parker, CEO e presidente de NIKE INC., e Trevor Edwards, presidente da NIKE BRAND, essa nova ofensiva pretende oferecer ao consumidor o dobro de rapidez na hora de se conectar com a marca, além de oferecer 2 vezes mais agilidade no desenvolvimento e entrega de inovações e produtos, através, principalmente, de plataformas digitais, como o SNKRS STASH, que possibilita a compra de disputados e restritos lançamentos através da geo-localização.

A estratégia da NIKE tem em seu planejamento a diminuição pela metade dos ciclos que intermedeiam a sua produção, tornando mais rápida a criação e atualização de seus produtos, através de demandas criadas pelo próprio consumidor, o que torna a entrega de tênis e roupas quase, que literalmente, customizadas.

Ao que parece, a marca do SWOOSH seguirá o pensamento de ‘menos é mais’, e já está prevista a diminuição, também, de cerca de 25% da sua oferta de produtos, resultando em um sortimento de produtos mais acertivo.

Os esforços estarão todos concentrados em cidades consideradas chaves, como Nova York, Londres, Xangai, Pequim, Los Angeles, Tóquio, Paris, Berlim, Barcelona, Cidade do México, Milão e Seul, que devem representar cerca de 80% do faturamento e estimativa de crescimento da marca para 2020.

Na prática, só descobriremos os reflexos dessas ações no decorrer dos anos que ainda estão por vir, mas está claro que a NIKE está disposta a fazer qualquer coisa para não deixar diminuir ainda mais a distância que separa ela de suas concorrentes.

Fonte: CNBC

Comentários

comentário(s)