Buscar por conteúdo

Relembre Os Rappers Que Já Trocaram De Lado, Assinando Edições Em Mais De Uma Marca – Parte 2

Os rumores da ida do Drake para a ADIDAS deram uma esfriada porém continuam já que as últimas fotos do rapper vestido com alguma marca são da companhia alemã. Desta forma, assim como os rumores, a nossa lista também continua.

 

Kanye West

A história do Yeezy no mundo dos calçados é capaz de preencher uma trilogia de livros, o rapper é com certeza um dos grandes expoentes da cultura na ultima década. Recentemente tem se comparado à lenda do basquete, Michael Jordan, e por mais que isso pareça (muito) exagerado, não há como negar que ele exerce sim influência no mercado mundial. São mais de 50 modelos e edições assinadas por Kanye desde a primeira vez, que colaborou com a Nike em um Air Max 180 no ano de 2006. De lá para cá o rapper trabalhou com Nike, Bape, Reebok, Louis Vuitton, Giuseppe Zanotti e principalmente com a adidas, marca que proporcionou ao criativo o espaço e autonomia que ele sempre desejou em sua carreira.

 

A Tribe Called Quest

Um dos grupos de rap mais importantes e influentes da história, a Tribe e seus albúns já foram inspiração para o universo sneaker mais de uma vez. Recentemente, a Vans lançou uma coleção completa com estampas e letras que homenageiam o grupo composto pelas lendas Q-Tip, Phife Dawg, Ali Shaheed Muhammad e Jarobi White. No ano de 2009 o albúm “Midnight Marauders” já havia sido homenageado pela marca de Michael Jordan e quase 2 anos depois o também icônico “Low End Theory” foi vinculado a um Nike SB Blazer. A última turnê do grupo ainda contou com uma edição Friends & Family do inesquecível FX-100 da marca italiana Fila. Estão sem moral?

 

Kendrick Lamar

Fã assumido dos Nike Cortez antes mesmo de iniciar sua carreira na música, o rapper surpreendeu a todos ao firmar parceria com a Reebok no final de 2014, a marca inglesa o convidou para ser seu principal embaixador dos modelos clássicos e juntos desenvolveram quatro edições assinadas por Kendrick. A união durou quase 3 anos mas acabou, e após alguns meses de rumores o Kung-Fu Kenny selou com a Nike um contrato que o permite a trabalhar com próprias assinaturas e também com o seu selo independente – a Top Dawg Entertainment. O recente casamento tem causado muito barulho, já foram lançados 3 edições do Nike Cortez e uma linha de roupa em homenagem à turnê do seu mais recente disco.

 

Tyler, The Creator

Tyler e sua crew são muito ligados ao skate nos Estados Unidos, e não por acaso, no ano de 2012 assinaram uma parceria com a Vans. Ele e os outros integrantes da Odd Future, que até o momento eram somente apostas do rap, construíram seu espaço com estilo descontraído e cores chamativas. Os anos se passaram e eles começaram a invadir os palcos ao redor do mundo, as lojas com sua marca autoral até chegarem nas passarelas. Após um hiato de lançamentos e esfriada na parceria, Tyler rompeu com a Vans e começou a flertar com outras marcas, em um de seus últimos desfiles apareceram até peças assinadas em parceria com a adidas que nunca chegaram a ser vendidas. E por fim, no ano passado, a Converse concretizou o que o artista estava buscando: autonomia. Tyler foi anunciado Diretor Criativo da marca norte-americana e desde então lançou mais de 10 cores e variações do clássico One Star.

 

Wale

O rapper da capital dos Estados Unidos possui uma parceria forte com a sneaker store Villa, essa amizade permitiu que os dois conseguissem se juntar com a Saucony e também com a ASICS para lançar edições limitadas dos retro-runners mais clássicos de ambas as marcas.

 

Rick Ross

No ano de 2013 o rapper esteve no auge e anunciou um contrato com a marca inglesa Reebok. Alguns meses depois e antes mesmo de lançar um produto sequer em parceria, Rick teve seu contrato encerrado de forma forçada pois foi acusado de promover o estupro em uma de suas letras. Alguns meses depois a Ewing Athletics acionou o músico, e juntos eles lançaram o Ewing 33 High “MMG”.

 

Tyga

Entre os anos de 2012 e 2013 o rapper lançou algumas colorways de seu próprio modelo nomeado de “T-Raww”, os modelos encalharam nas prateleiras e a parceria acabou não durando muito tempo. Meses depois, a LA Gear, marca que ficou conhecida nos anos 80 por vestir os pés de astros como Michael Jackson tentou uma nova investida no mercado e contratou o integrante da Young Money como embaixador, o relacionamento deu origem a 2 modelos assinados e se encerrou no final de 2015.