Buscar por conteúdo

Resgatamos Alguns Modelos Recentes De Tênis Que Ultrapassaram A Barreira Dos 300 Dólares No Seu Lançamento Oficial

É hoje: finalmente, está sendo lançado o NIKE HYPERADAPT 1.0 aqui no Brasil.

O tênis é esperado por aqui já há algum tempo e ficou conhecido por sua ferramenta de auto-amarração e design futurista, além de toda a história que permeia o projeto e que nasceu nos anos 1980, como um premonição da marca esportiva dentro do filme “De Volta Para O Futuro 2”.

Além de toda a carga história e tecnológica, o tênis também chamou atenção por seu valor de retail: 720 dólares. Traduzidos aqui no Brasil como R$ 3.500,00.

Revirando os arquivos do nosso site e exercitando nossa memória, compilamos aqui outros modelos que também ultrapassaram a “barreira” dos 300 dólares no dia do seu lançamento, configurando alguns dos mais caros tênis já vendidos (oficialmente) pela indústria.

Alguns por motivos tecnológicos, outros por  material premium ou caixas especiais, os calçados em questão chegaram a assustar, o que deixa uma dúvida importante no ar: estariam as marcas perdendo a noção nos valores sugeridos ou existem modelos que realmente valem o investimento?

As marcas de luxo ficaram de fora da lista e essas aparecem em um post futuro.

 

ADIDAS Y-3 “RUNNER 4D” (2018) – 550 Dólares

 

A tecnologia de solado 4D está sendo introduzida pouco a pouco nos modelos da marca alemã, e o designer e parceiro japonês Yohji Yamamoto teve a chance de ser um dos primeiros a executar um modelo com o novo sistema amortecimento. O valor elevado do tênis não impediu os fãs de esgotarem as unidades rapidamente, nos seletos revendedores onde ele esteve disponível. Além do 4D, o modelo também possui o tricô tecnólogico PRIMEKNIT, que agrega ainda mais tecnologia à silhueta inédita.

 

REEBOK SOCK PUMP HIGH-TOP x VETEMENTS (2018) – 840 dólares

A marca capitaneada pelo designer Demna Gvasalia é uma das grandes revelações do mundo da moda da última década. A REEBOK não perdeu tempo e costurou uma parceria que vem gerando bons (e inusitados) resultados – como essa meia com tecido tecnológico e amortecimento de Cross Fit. Os modelos estão sendo vendidos com preços que se assemelham aos aplicados pela marca de Demna – salgados.

 

DIADORA TRIDENT 90 x BARNEYS NEW YORK (2016) – 300 Dólares

A marca italiana é conhecida por materiais e acabamentos  impecáveis em suas edições mais limitadas e essa colaboração com a loja especializada no mercado de luxo Barneys resultou em um tênis discreto e extremamente elegante.

 

NIKE AIR PRESSURE RETRO (2016) – 300 Dólares

O modelo apareceu pela primeira vez nas quadras da NBA no ano de 1989 e possui um compartimento para pressurização do amortecimento da entressola, o que é revolucionário até para os dias de hoje.

 

AIR JORDAN 4 PREMIUM “GINGER” (2016) – 400 Dólares

O ano de 2016 foi muito especial para a silhueta, quando JORDAN BRAND se dedicou e lançou algumas edições premium que elevavam o clássico do ano de 1989 em todos os aspectos possíveis: caixa, cadarços, dust bag e, claro, materiais usados em sua execução.

 

KANGAROOS OMNICOIL II x AFEW “JELLY” (2016) – 300 Dólares

A marca alemã KangaROOS se reuniu com a, também alemã, loja especializada em tênis AFEW para homenagear as tradicionais geleias de frutas vermelhas do país. Vale ressaltar a mistura de materiais por toda a parte superior do tênis e o capricho que vai da caixa até os rope laces.

 

NEW BALANCE 576 “THE ROAD TO LONDON PACK” (2012) – 330 Dólares

Os fãs da NEW BALANCE sabem que quando as equipes da Flimb Factory, no Reino Unido, colocam as mãos e produzem calçados, o nível de execução será o mais alto possível. Essa edição contou com duas colorways do clássico 576  que traziam a bandeira da Grã-Bretanha no calcanhar.

 

E aí, qual você teria coragem de comprar?
Lembra de algum outro que não está na lista? Compartilha com a gente!

E se você ainda quiser tentar seu par de NIKE HYPERADAPT 1.0 é só seguir esse link.