Buscar por conteúdo

Serão Os Running Shoes Os Tênis Da Vez?

Não é de hoje que os tênis originalmente  feitos para as pistas de corrida estão (cada vez mais) indo muito além da linha de chegada.
Basta reparar na enxurrada de edições mais casuais dos famosos  runners, que vão de versões retro e premium, com materiais finos e de altíssima qualidade, até outras mais chamativas dedicadas a performance, mas que ainda assim conseguem traduzir o conceito de ‘tênis para correr’ e aplicá-lo ao lifestyle.

Os runners devem migrar, oficialmente e muito em breve, do universo sneakerhead para o terreno dos fashionista. Pelo menos é o que afirma o STYLE.COM – uma das maiores autoridades mundiais em moda – que publicou um artigo assinado por BRITTANY ADAMS sobre como esse tipo de tênis está invadindo passarela e primeiras filas em desfiles importantes de todo o mundo:

“Tênis de corrida ganham a alta moda

No filme Working Girl (Uma Secretária De Futuro), de 1988, a personagem interpretada pela atriz Melanie Griffith usava tênis para o seu deslocamento diário, trocando pelos saltos apenas nos últimos minutos antes de entrar em seu escritório. Há alguns dias, dois notáveis designers e street-stylers deixaram seus vistosos sapatos em casa e fizeram aparições de moda usando calçados esportivos. E não, não estamos falando sobre aqueles onipresentes wedges de Isabel Marant. Estamos nos referindo a um subgênero specífico de tênis: aqueles criados para as corridas (sejam elas ao redor de uma pista ou nas calçadas da cidade).

A tendência realmente marcou presença no mês passado, quando o elegante Tommy Ton foi visto usando Nike e New Balance em Milão e Paris. Estilos similares apareceram nas passarelas de Salvatore Ferragamo, Raf Simons e no desfile de moda masculina da Valentino.

As meninas estão adotando o visual também. Na abertura da retrospectiva de Yayoi Kusama’s Whitney, a artista Kara Walker estava vestindo seu Zero + Maria Cornejo com tênis esportivos, enquanto Vika Gazinskaya estava entre os que também adoratam o tênis durante a temporada de alta cultura”

De volta ao universo sneakerhead, diversas marcas já vinham dando sinais que hoje sustentam o argumento de que a tendência dos running shoes (sejam eles retrôs ou atuais) não é uma simples previsão – e que vão além das personalidades da moda adotando esse tipo de calçado.

A coleção que o designer JAMES BOND assina para a ADIDAS ORIGINALS, e que leva o nome do jogador DAVID BECKHAM, já traz  tênis de corrida – sejam eles atuais, como o CLIMACOOL, ou de outrora, como os membros da família ZX – como boa parte de seus integrantes. A aplicação do solado de corrida LUNARLON nos sapatos da COLE HAAM, uma das marcas componentes do guarda-chuvas NIKE, talvez  seja um dos exemplos mais explícitos desse encontro iminente entre um guarda-roupas mais de moda e peças tipicamente esportivas.
A própria NIKE tem investido pesado em ações que aproximam seus modelos mais técnicos, os que carregam FLYKNIT no cabedal, de um mercado consumidor de peças de lifestyle.

Enfim, a migração dos modelos para corridas para o dia a dia já vem ocorrendo há mais de duas décadas. Agora parece que é a moda quem vai usufruir do inegável conforto e do estilo desse tipo de calçado, dando um descanso aos Isabel marant e afins. Ainda bem.

Confira abaixo a galeria de exemplos que a equipe do STYLE.COM publicou.

O estilista Tommy Ton com seu AIR MAX 90 HYPERFUSE integrante do WHAT THE MAX PACK.

 

Tons neons e pastel no desfile de  Salvatore Ferragamo.

 

No desfile de  Richard Chai Love, todos os looks foram complementados por tênis de corrida.

 

Kara Walker na abertura da retrospectiva de  Whitney’s Yayoi Kusama.

 

Durante a  Couture, Vika Gazinskaya usou PRE MONTREAL RACER VINTAGE, da NIKE.

 

No desfile de Raf Simons.

 

O contraste do conforto do CORTEZ NYLON, da NIKE, e dos sapatos de salto alto.

 

A modelo Sara Blomqvist com os 574, da NEW BALANCE, em sua colorway mais clássica.

 

Runners com estampa camuflada no desfile masculino da Valentino.

 

NEW BALANCE 574.

 

Calças listradas e NEW BALANCE 991.