Buscar por conteúdo

Stephen Curry E Under Armour Representam Mesmo Uma Ameaça Ao Domínio Da Nike/Jordan Brand?

Além de ter que lidar com o inegável crescimento da ADIDAS nos últimos meses, o time de altos executivos da NIKE deve estar se movimentando para combater o fenômeno STEPHEN CURRY, e os reflexos da excelente fase do jogador do Golden State Warriors nas vendas da concorrente UNDER ARMOUR.

Pelo menos é isso que sugere matéria publicada pelo Washington Post, assinada por Sarah Halzack, jornalista especializada em varejo. No artigo, a publicação sugere que a implacável temporada dos Warriors, liderados por CURRY, (superior à dos Bulls e JORDAN de 1995/96) pode estar dando início a uma mudança significativa no mercado de sneakers, usando dados da própria UNDER ARMOUR e de uma pesquisa feita pela Slice Intelligence para embasar sua “suposição”.

Vamos aos números.

Segundo o relatório de resultados do primeiro trimestre de 2016, divulgado pela própria empresa, a UNDER ARMOUR teve uma receita de 264 milhões de dólares, número 64% superior ao do mesmo período do ano passado, creditando parte desse resultado à linha assinada por CURRY. Kevin Plank, executivo da UA, declarou que o tênis CURRY 2 foi o item mais vendido no e-commerce da marca no período e, ainda de acordo com a empresa, o produto de basquete mais vendido no mercado. Lembrando que esses dados foram apurados em 31 de março, deixando de fora o mês de abril, quando o jogador quebrou outros recordes, o que deve ter alavancado, ainda mais, as vendas dos seus produtos.

Segundo o relatório da Slice, nos últimos seis meses, as vendas dos tênis assinados por STEPHEN CURRY subiram 170%, quando comparadas ao mesmo período do ano anterior. A matéria do Washington Post, entretanto, ressalta a supremacia da NIKE dos seus patrocinados: entre janeiro de 2015 e março de 2016, 4.2% dos tênis de basquete vendidos foram assinados pelo jogador do Golden State Warriors, 9,7% por LeBron James, 13,6% por Kobe Bryant e, do total geral, 72,4% pelas marcas NIKE/JORDAN BRAND.

O número impressiona, mas, ainda segundo a publicação, a UNDER ARMOUR vem obtendo crescimento maior do que 20% nos seis últimos anos seguidos o que, junto com esforços de marketing como uma viagem de STEPHEN CURRY à China, um dos mais efervescentes mercados para basquete, pode fazer com que, num futuro breve, a competição com a marca do swoosh fique mais acirrada.

Será?

under-armour-curry-1