Buscar por conteúdo

Top 10 2014 Por Ricardo Nunes

Esse ano, assim como fizemos em 2013, resolvemos convocar nosso time de redatores para eleger seus 10 tênis preferidos.

A missão nunca é fácil e a ideia é traçar, por meio dessas listas, um panorama rápido do que foi 2014, um ano em que tivemos Copa do Mundo de Futebol no Brasil, uma explosão semanal de lançamentos locais – como nunca se vira antes! – além da movimentação de (quase todas as) marcas que andavam meio sumidas do mercado, fazendo nosso cenário mais promissor e muito mais interessante.

2015 promete!

Gostou da lista? Detestou? Concordou ou discordou completamente? Os comentários e redes sociais estão aí para isso!

Fechando a conta, a minha lista pessoal: Ricardo Nunes, o “pai da criança”.

Meu Top 10 bem poderia ser um Top 15, já que não posso começar a listar os 10 eleitos sem falar de 5 importantes tênis que ficaram de fora (por questões puramente numéricas): ADIDAS ZX FLUX PRISMA, NIKE KOBE 9 ELITE LOW HTM, NIKE ROSHE LD-1000 FRAGMENT, AIR HUARACHE WHITE/PURE PLATINUM e ADIDAS EQT GUIDANCE ’93 X PUSHA T.

Reparada a injustiça, vamos aos eleitos:

10 – Converse Pro Leather X Concepts

2014 foi, mais do que qualquer outro, o ano das colaborações da CONCEPTS.
A loja que vinha num ritmo inspirado, de 2013, mandou para o mercado uma edição do PRO LEATHER inspirada nos suéteres clássicos, bege, de tricô de ponto largo. A tiragem limitadíssima e a difícil comunicação com a CONCEPTS me fizeram ficar só na vontade…

converse-converse-pro-leather-aran-sweater-1

 

 

9 – Asics GEL-Lyte V X Ronnie Fieg – Cove

OK que a cor não era original – reeditada de um outro modelo assinado pelo próprio RONNIE FIEG – mas sua aplicação em um GEL-LYTE V de materiais impecáveis fez com que a ASICS conquistasse um lugar cativo na minha lista.
Dos azuis mais bonitos que já inventaram.

asics-gel-lyte-v-cove-1

 

 

8 – Reebok Insta Pump Fury X Concepts

Taí a CONCEPTS de novo, com suas colaborações: um INSTA FURY com padronagem inspirada nas estampas que fizeram a história da Versace nos anos 1990, resultando em um tênis que passa longe de conceitos como minimalismo e discrição.
Ainda assim, seu lugar no meu armário continua reservado.

reebok-concepts-insta-pump-fury-2-640x426

 

 

7 -Diadora N-9000 X 24 Kilates – Sombra

Como quem não quer nada, a DIADORA começou a ensaiar um retorno – na Europa – embalada por colaborações estreladas.
Os catalães da 24 KILATES usaram o sol e a sombra (também o nome de um famoso drink local) como inspiração para criar duas edições do N-9000 que quase empataram no meu sétimo lugar.
Por pouco, acabei optando pelo SOMBRA.

diadora-24k-sombra-0

 

6 – Nike Free Orbit II

Cabedal geométrico e volumoso, evolução de um tênis que já me chamava atenção, solado FREE e um visual esquistão – que polariza opiniões.
Essa foi a fórmula do FREE ORBIT II para garantir um lugar na minha lista.

nike-free-orbit-ii-sp-grey-white-black-6-640x426

 

 

5 – Nike Sock Dart X Fragment

Mais um modelo que cai naquela categoria “esquisitões que eu adoro” e que divide espaço com FREE ORBIT II, aqui na lista.
Do SOCK DART minhas lembranças eram os HTM do começo dos anos 2000, um sonho distante para qualquer sneakerhead “das antigas” que é adepto desse estilo.
Ainda bem que tivemos direito aos nossos poucos pares por aqui.

nike-fragment-design-sock-dart-1

 

4 – Adidas Pure Boost

Um dos melhores amortecimentos que existem aliado a um cabedal de linhas simples e de materiais ultra-confortáveis.
O resultado é um tênis que dá vontade de usar todo dia.
A ADIDAS mirou na corrida e acertou meu coração – e o do KANYE WEST e de milhares de outros sneakerheads por aí, também.

adidas-pure-boost-1-640x320

 

3 – Adidas Tubular

Silhueta nova, com pinta de que veio para ficar.
A prova viva de como um conceito do passado pode ser atualizado de forma criativa e ficar ainda melhor do que o original (para entender mais o que estou falando é só buscar sua REVISTA SBR 7 no distribuidor mais próximo).
Para figurar na minha lista, escolhi o CONSORTIUM branco, que tem materiais mais interessantes do que as versões regulares. E olha que tem muito mais cores e materiais vindo por aí!

adidas-consortium-tubular-02

 

2 – Adidas Pure Boost Primeknit

A disputa pelo topo do pódio foi acirrada e envolveu tênis construídos com os tricôs tecnológicos das duas maiores fabricantes de artigos esportivos.
No segundo lugar, a ADIDAS, com um PURE BOOST feito de PRIMEKNIT.
Para ser perfeito, esse tênis só precisava ter vindo com cadarços mais bonitos e com o puxador do calcanhar preto, ao invés do branco. Aí minha escolha seria ainda mais difícil.

adidas-consortium-primeknit-pureboost-1-640x426

 

 

1 – Nike Free Mercurial Superfly HTM

Fiquei pensando outro dia e alguns dos tênis de FLYKNIT talvez tenham sido os modelos que mais quis ter ao longo dos últimos (quase) três anos, desde que foram anunciados para as Olimpíadas de Londres.
Quando a tecnologia migrou para o futebol, fiquei ansioso esperando o que de “casual” poderia resultar o encontro, já que nunca me convenci 100% de que podemos ter tênis ultra desejados/estilosos inspirados no esporte mais popular do Brasil.
Ainda bem que a trinca TINKER, HIROSHI e MARK me fez ver que eu estava enganado, apresentando ao mundo um tênis com o conforto dos FREE, inspirado numa chuteira de cano alto, que se adapta aos pés como uma meia e que ainda é bonito pra caral#*.
Pronto: estava eleito o meu primeiro lugar desde julho, quando trouxemos o tênis ao Brasil, em plena Copa do Mundo e durante o lançamento da Revista SBR 6.

Captura-de-Tela-2014-06-11-às-10.16.32