Buscar por conteúdo

Top 10 2016 – Por Pedro Prado

Última semana de 2016: hora de olhar para trás e convidar nosso time a escolher os favoritos do ano que passou.

Já virou tradição e essa é a nossa forma de encerrar um ciclo e dar boas vindas a uma nova jornada de 12 meses de lançamentos, novidades e muito conteúdo exclusivo.

Aos trabalhos, então, com os eleitos do PEDRO PRADO.

top-2016-prado

10 - New Balance 997.5 X Ronnie Fieg - 'Cyclades'

new-balance-997-5-ronnie-fieg-mykonos-collection-02

Começo meu top 10 de 2016 com uma fórmula que dificilmente dá errado: o 997.5 envolvido em alguma colab.
Uma das minhas silhuetas prediletas da marca americana, com uma colorway pensada por RONNIE FIEG e executada em color blocking, com referencia ao mar, à areia e aos guarda-sóis. Pra mim, uma das estrelas da KITHLAND e com lugar garantido nos melhores do ano.

9 - Nike Hyperadapt 1.0

top-10-1-1

Para enfatizar, logo no começo, quero deixar bem claro que essa escolha vem muito mais por uma questão de tecnologia e reconhecimento, do que pela beleza ou vontade de ter o produto. O fato de se criar e colocar nas prateleiras um tênis que se amarra sozinho é digno de ser aplaudido. Caso antigo da NIKE e que, finalmente, foi colocado em prática em 2016.
Merece, sim, estar entre os dez melhores do ano.

8 - Nike LunarCharge

top-10-7

Uma das apostas da marca do swoosh pra 2016, e provavelmente para os próximos anos, a silhueta me agradou bastante. Mistura de clássicos que fazem parte dos arquivos da NIKE e que também aparecem nos lançamentos atuais, como AIR MAX 90, AIR FLOW, AIR CURRENT e AIR PRESTO, o modelo tem um visual bem atual e promissor. O LUNARCHARGE aparece em oitavo lugar na minha lista e deve surgir em outras variações nas próximas coleções da marca.

7 - adidas Futurecraft 3D Runner 'Triple Black'

67750aa5-f531-40c0-9be7-e2af4201d2e0

Um dos maiores acontecimentos de 2016 foi a alavancada da ADIDAS no mercado sneakerhead e um dos fatores que contribuíram diretamente para esse crescimento foi o investimento em tecnologias que contribuem para o meio ambiente, como as colabs com a PARLEY. Além disso, em 2015, a marca alemã desenvolveu a tecnologia para a construção do solado em impressora 3D, e que, nesse ano, finalmente chegou às prateleiras.
Pelo feito memorável, e também pela beleza do tênis com o cabedal em PRIMEKNIT e o solado feito inteiramente por uma impressora 3D, o modelo ganhou lugar no meu top 10 do ano.

6 - PUMA Trinomic Disc Blaze X BAPE

puma_disc_bape

Para concretizar e, por que não, celebrar o crescimento da PUMA, escolhi um dos tênis que integraram a colaboração com os japoneses da BAPE (tecnicamente de 2015, mas lançado no Brasil em 2016), marca símbolo do streetwear e que figura em grades feitos desde seu nascimento, em 1993. O tênis traz o camuflado característico dos asiáticos em uma das silhuetas mais clássicas da PUMA. Devo uma menção honrosa ao resto da coleção, que contava com versões do BLAZE OF GLORY e R698 além de peças de vestuário.

5 - Nike Air Max 97 'Silver Bullet Italy'

nike-air-max-97-silver-bullet-italy-exclusive-1

Sou fã incondicional da família AIR MAX, mais especificamente dos AIR MAX 1, 90, 95 e 97. Se pudesse, teria as cores originais de todos os modelos da genealogia.
O AIR MAX 97 “SILVER BULLET”, que teve a colorway inspirada no trem bala japonês, é, sem sombra de dúvidas, um dos meus prediletos. Ver essa versão feita para celebrar os vinte anos do modelos, e que foi vendida com exclusividade na Itália, encheu meus olhos d’água e atiçou minha vontade pela caçada ao modelo. Uma pena ainda não ter conseguido meu par.

4 - adidas NMD_R1 Runner PK OG 'Black'

adidas_nmd_r1_pk_og

Um dos pontos altos da ADIDAS em 2016 foi a tecnologia BOOST. A aparência clean e o conforto fazem com que os modelos que possuem esse tipo de solado sejam presença obrigatória na wishlist dos sneakerheads. Eu escolhi os NMD para representar os calçados com BOOST no meu top 10, mais especificamente o R1 chamado “OG” (tecnicamente, lançado em 2015), que traz um cabedal construído em PRIMEKNIT com uma colorway preta e os blocos laterais em vermelho e azul. Sem muito pensar, um dos heats do ano e mais um baita ponto pra marca das três listras, que soube se aproveitar bem da silhueta ao longo do ano.

3 - Nike Air Presto X ACRONYM

top-10-3

Chefiada por ERROLSON HUGH, a alemã ACRONYM tem como um dos seus pilares a inovação, não só visual como material e funcional. Em 2016, a parceria com a NIKE rendeu três colorways do AIR PRESTO MID, todas com combinações de cores bem feitas, com materiais muito bem escolhidos e detalhes que fazem com que os tênis sejam quase que instantaneamente ligado à ACRONYM – fórmula que fez com que eu colocasse o trio no meu top 3 de 2016.

2 - Nike Air Max 98 X Supreme - 'Snakeskin'

supreme-nike-air-max-98-nikestore-release-02

Marca nova-iorquina de skate fundada em 1994 e que, desde então, figura no topo quando o assunto é streetwear, a SUPREME quase sempre aparece no meu top 10 anual.
Aqui, deixo bem claro minha admiração pela marca e por seu fundador, JAMES JEBBIA. Mas, como o assunto é tênis, vou explicar porquê do AIR MAX 98 feito em parceria com a SUPREME ter ganho o meu segundo lugar: a silhueta estava um pouco de lado nos últimos anos, e nada melhor que um lançamento com a marca pra colocar um modelo em evidência. As quatro colorways foram muito bem pensadas e receberam um boné para combinar com cada uma delas, mas a minha predileta é a batizada “SNAKESKIN”: um AIR MAX 98 com acabamento em couro de cobra sintético e feito em parceria com uma das minhas marcas prediletas merece, e muito, estar entre meus dois lançamentos preferidos do ano.

1 - Air Jordan 1 'Bred Satin'

Confesso que esse primeiro lugar me rendeu umas boas horas de reflexão: pra quem é amante dos tênis está mais do que claro o tanto de lançamento fod* que rolou em 2016 e o quanto é difícil escolher o melhor de todos. Eu escolhi pelo coração e por outros fatores que acabam pesando… O AIR JORDAN 1 é o responsável por toda a cultura que vivemos hoje, sem ele provavelmente somente alguns desses 9 lançamentos listados acima teriam sido criados. Optei por essa versão em cetim, em homenagem às roupas utilizadas por MICHAEL JORDAN na campanha da divulgação do tênis, em 1985, com o “wings logo” tradicional bordado na lateral e com tiragem limitada a 501 pares, vendidos com exclusividade na inauguração da loja JORDAN BRAND no SoHo, em Nova York.
Depois de quebrar a cabeça, decidi colocar o AIR JORDAN 1 “BRED SATIN” em primeiro lugar no meu top 10 de 2016, e espero que tenha sido uma boa escolha.