Buscar por conteúdo

Hoje É Dia De Celebrar O Air Max Com Um Pouco De Sua História

Na década de 1970, após abandonar sua carreira de engenheiro aeroespacial, Marion Franklin Rudy passou a trabalhar em ideias e soluções criativas para diferentes indústrias.

Depois de ser ignorada por 23 fabricantes de calçados, a ideia de inserir pequenas cápsulas de ar nos solados dos tênis de corrida ganhou a atenção de Phil Knight, um dos fundadores da NIKE, que resolveu colocar a tecnologia à prova nas pistas de corrida e se impressionou com os resultados.

 

A partir daí, o conceito do AIR foi oficialmente abraçado pela marca do Swoosh. Em 1978, foi a hora do AIR TAILWIND, primeiro tênis desenvolvido com cápsulas de ar em seu solado, chegar de verdade aos pés dos atletas.

Muito antes das grandes ações de marketing e do termo que hoje conhecemos como hype, o desejo exacerbado pelos AIR TAILWIND fez com que sua limitadíssima tiragem inicial de 250 unidades, distribuídas entre cinco lojas havaianas – antecedendo a maratona de Honolulu que se aproximava, fosse vendida por completo em menos de 24 horas.

 

Um dos primeiros sketches da cápsula de ar visível de Tinker Hatfield

Depois de quase 10 anos, veio o que talvez possa ser considerada a maior inovação da história do AIR: o AIR MAX, onde a cápsula de ar foi exposta aos olhos de todos.

Em meio a um turbilhão de mudanças que ocorriam não só no ambiente esportivo, mas também na música e moda, o surgimento do AIR MAX caiu como uma luva para a NIKE. O indiscutível sucesso do primogênito da família se repetiu com boa parte de seus sucessores, que até hoje, já aposentados da performance, estão nos pés de pessoas de todas as faixas etárias.

Conforme os anos foram passando, as bolhas de ar e a tecnologia que as envolve foi evoluindo, até que chegamos ao estado atual delas, representado pelo AIR MAX 720.

Extensa e mais alta do que nunca, a cápsula 720 precisava ser perfeitamente desenvolvida, para que suas paredes conseguissem fornecer um equilíbrio entre suporte e conforto por todo o pé.

 

Um fato interessante é que, nos dias de hoje, todas as cápsulas AIR são feitas de, pelo menos, 50% de material reciclado, chegando a 75% nos solados dos VAPORMAX.

Gostando ou não do ar aparente, é fato que, em 1987, Tinker Hatfield e NIKE iniciaram uma revolução no mundo dos calçados.

Parabéns, AIR MAX!